Sua casa, isolamento social e o tempo

26/03/2020


     Mesmo trabalhando eu penso bastante a respeito do que as pessoas podem estar fazendo enquanto estão em casa. Vejo nas redes sociais pessoas desesperadamente entediadas, enfadigadas e reclamando da necessidade de estarem distante não só dos lugares que elas gostam de frequentar, mas principalmente das pessoas que gostariam de estar junto, ainda que a maioria delas esteja em quarentena com a família.


     É bem mais difícil quando se mora só, a solidão parece que cria voz e o som do silêncio é incômodo. Eu falo isso porque passei um único final de semana inteiro sem ao menos olhar na janela direito e foi estranho. Até mesmo pra mim que sou acostumada a estar em casa só por longos períodos. 

     Uma observação que tenho feito é sobre o quanto nós estamos automatizados, o quanto estávamos acostumados a dividir nossa atenção entre as nossas obrigações do dia a dia e a internet. e isso bastava. Pra muitas pessoas o tempo dedicado às redes sociais é o momento de pausa, entretenimento, etc., evitamos nos envolver em outras atividades, porque além de trabalhar, estudar, se conectar com as pessoas, nós precisamos descansar, então nossa rotina era praticamente resumida nisso. A gente não estava mais acostumado a praticar algo e hoje, acho que grande parte das pessoas não suporta mais olhar pro celular, olhar pra tela inicial da Netflix, ou abrir o Youtube. Acho que é isso que torna a sensação de ter todo esse tempo disponível tão desconfortável, nós não sabemos o que fazer com ele. É um abre e fecha de app, entra e sai de rede social, migrando de uma pra outra procurando por algo que não seja corona vírus, estatísticas e planos de contingência surgindo por toda parte. Aprendemos muito sobre coisas que há pouco tempo não nos importávamos. Há um mês atrás estávamos festejando o carnaval. Não esperávamos por isso. 

     Bem, voltado a falar do tempo, quando eu penso nas pessoas nas casas delas eu desejo muito que elas estejam bem, não só de uma forma física, mas de uma forma psicoemocional. Imaginar tudo que estamos passando seria o maior dos gatilhos pra mim. Eu tinha tudo para estar mal, mas eu tô bem e tem me deixado contente saber que eu tô tranquila em meio a uma situação que poderia ser o caos dentro de mim. E refletindo calmamente sobre isso, acho que esse momento, apesar de doloroso, é algo que quando passar nos trará lições valiosas sobre nós mesmos e a sociedade. Eu sei que deve estar sendo difícil lidar com as paredes de casa, com o racionamento das coisas e com a incerteza de como será o mês que vem. Mas percebo que essa situação, intrinsecamente, acaba fazendo com que as pessoas ressignifiquem o tempo delas. Reaprendam, apesar das limitações, a fazer coisas que a gente deixou de fazer porque o mundo caminhou muito rapidamente e exigiu de nós que acompanhássemos esses passos. A tecnologia, a economia, tudo tornou-se uma verdadeira caça ao tesouro diária, tudo se transformou em cifrão, até mesmo uma foto que você posta. Nós simplesmente não tínhamos mais tempo de fazer por fazer e talvez seja por isso que algumas pessoas se sintam tão perdidas. Estamos habituados a ser produtivos.


     Aos poucos eu torço pra que dentro de nós a gente encontre a tranquilidade para esperar esse momento passar de uma forma agradável e que possamos levar isso com a gente depois. Que num futuro próximo saibamos aproveitar de um jeito muito melhor a nossa liberdade e a companhia das pessoas que a gente gosta.

     Enquanto isso não acontece, faz por ti. Se recolhe e se olha, pensa e se cuida. Explora em ti as coisas e os gostos que estavam adormecidos e se propõe, no teu tempo, a realizar aquilo que você gostaria de fazer e até mesmo nunca falou com ninguém sobre. Vamos compartilhar com as pessoas também nossos bons momentos em solitude.
Comentários
1 Comentários

1 :

  1. Ei Nayandra! Que texto bonito. Realmente essa quarentena está sendo um processo bem estranho pra gente. Principalmente para mim que quase não ficava em casa. Mas está sendo bom, tava muito no automático e tô tentando aproveitar esse tempo para fazer coisas que gosto (como cuidar do meu blog e conhecer novos tbm). Mas vejo mta gnt entrando em desespero por causa da quarentena.
    Mas espero dias melhores.
    Bjos!!
    Quero Detalhes

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!

 
// Visit helplogger.blogspot.com for more widgets and tricks.